ÁREA EXCLUSIVA PARA MEMBROS

Esqueceu a senha?

Digite abaixo seu e-mail de cadastro para receber sua nova senha de acesso.

Voltar
Listagem de Posts

BLOG

Os desafios da Inovação Aberta

Primeiramente, vamos falar o que é Inovação Aberta, um termo cunhado em 2003 por Henry Chesbrough, que lançou seu livro “Inovação Aberta: Como criar e lucrar com a tecnologia”, e nesse momento, o pesquisador implementou no mercado uma nova forma das empresas inovarem.

Então a Inovação aberta (open innovation) que tem como objetivo melhorar o desenvolvimento de produtos ou serviços, aumentando a eficiência dos processos de desenvolvimento e inovação dentro das organizações.

E entendendo a importância do tema para as empresas, agora vamos falar do seu papel de acelerar o processo da inovação dentro das organizações, uma vez que é expandido os limites das companhias tornando acessível e didático os recursos e ideias internas com colaboradores externos.

Ou seja, a inovação aberta acontece, quando as organizações absorvem recursos externos aumentando a eficiência do processo de inovação como são os casos de parcerias com startups. Nesse caso, a utilização de recursos tecnológicos ou de ideias inovadoras são muito comuns no mercado, gerando a compra ou incorporação de tecnologias criadas por terceiros, agilizando e deixando o processo de inovação mais eficiente nas grandes empresas.

Temos visto cada vez mais empresas interessadas em se juntar ao mundo da inovação aberta ou, como temos definido, começar a fazer open innovation com startups. Ela é uma das melhores formas de você inovar os processos da sua empresa. Ou, até mesmo criar um novo modelo de negócio. Tudo isso a partir da conexão com parceiros externos, sem depender apenas da sua equipe interna.

Esse conceito de inovação aberta representa uma verdadeira mudança no mindset de muitos empreendedores. Afinal, grandes negócios muitas vezes preferem guardar suas ideias como um segredo. Porém, a inovação aberta permite gerar valor à empresa por meio do compartilhamento de conhecimento.

Vale destacar que essa estratégia é benéfica para todas as partes. Principalmente em tempos de crise, onde a colaboração é extremamente importante, porém, vemos que muitos gestores não têm o total conhecimento de por onde começar, ou como buscar orientações sobre como aprimorar o processo, seja em seu próprio trabalho, seja na preparação das suas equipes para esse jogo.

O ideal para começar a implementar o processo de inovação aberta é contar com o auxílio de especialistas para otimizar os processos e gerar resultados substâncias, e nesse post trouxemos quatro pontos de atenção para as empresas, e assim poder superar os desafios da inovação aberta.

 

1. Definir os objetivos e metas da inovação aberta; 

2.Inovação aberta não é a terceirização do seu processo e exige atenção constante;

3.Preparação dos colaboradores, afinal todos tem que ter o conhecimento do processo;

4.Saber lidar com o diferente ideias, pessoas e empresas/startups envolvidas.

 

Quer transformar o seu negócio com a inovação aberta? 

Entre em contato conosco e saiba como podemos auxiliar!

Comentários

Para poder comentar, por favor faça seu login clicando no botão abaixo.

Login