ÁREA EXCLUSIVA PARA MEMBROS

Esqueceu a senha?

Digite abaixo seu e-mail de cadastro para receber sua nova senha de acesso.

Voltar
Listagem de Posts

BLOG

PROGRAMAS DE MENTORIA

Num mercado cada vez mais exigente, competitivo e com tantas transformações, principalmente nos últimos anos, é nítido o crescimento pela procura por auxílio no desenvolvimento humano, seja de forma online, especialmente no período mais recente de pandemia, ou presencial, por meio de palestras, seminários, imersões, workshops etc.; que acabam funcionando como um grande diferencial para o profissional que busca acelerar sua evolução e crescer na carreira. E a mentoria é uma dessas opções.

Mas, afinal... o que é MENTORIA?

A palavra “mentoria” vem do termo em inglês, “mentoring” que normalmente é traduzido como ‘apadrinhamento ou tutoria’. Que nada mais é do que uma metodologia de desenvolvimento profissional, que consiste em uma pessoa com experiência numa determinada área, auxiliar outra menos experiente, que tem o desejo de se aprimorar na mesma área, baseada no compartilhamento de conhecimentos por meio de um relacionamento, se utilizando de técnicas e ferramentas para o desenvolvimento do cliente.

Nesse processo, o mentor (que aplica a metodologia) funciona como um guia, um conselheiro, um mestre para o mentorado (cliente). O mentor deve ter ampla experiência de vida e no campo profissional que a pessoa está procurando por auxílio, para colaborar no desenvolvimento mais rápido e seguro do cliente (mentorado).

É um momento em que o mentorado, com o apoio do seu mentor, analisa sua trajetória profissional, identifica seus pontos fortes, oportunidades de melhoria e discute ações que visam o melhor aproveitamento de seu potencial. Ele proporciona, tanto ao mentor quanto ao mentorado, oportunidade de trocar conhecimentos, experiências, diferentes pontos de vista e, com isso, os levam a refletir sobre seus projetos de vida e de carreira. 

PRINCIPAIS DIFERENÇAS ENTRE MENTORIA E ABORDAGENS SIMILARES:

MENTORIA: o profissional que aplica a metodologia (mentor) deve ter ampla experiência, certa senioridade numa ou mais áreas profissionais, que permite o bom discernimento e apoio para as escolhas dos melhores caminhos e decisões para o cliente (mentorado).

Necessariamente, não deve ser um especialista em intervenções comportamentais como um coach e também nem apenas dar soluções como um consultor.

O mentor deve focar no desenvolvimento do mentorado (cliente) realizando perguntas e orientando para as melhores decisões, com base na experiência do próprio mentor.

Mentoria não há qualquer limitação de tempo, pois depende do aprendizado e evolução de cada pessoa, pode durar dias, meses ou anos. Depende do “contrato/parceria” entre o mentor e o mentorado.

 

COACHING: o coach, que é o profissional que tem a formação da metodologia (coaching) é um especialista na aplicação do processo, e não necessariamente nos assuntos/temas trazidos pelo cliente (coachee) e não precisa de nenhuma formação ou experiência específica numa área de atuação.

A proposta é, principalmente, fazer boas perguntas que promovam “insights” relacionados aos temas/objetivos que o cliente busca e nunca tinha pensado. No processo de coaching, é pressuposto que a pessoa orientada (coachee) já tenha essas respostas e soluções em si mesma, que serão apenas “despertadas” pelo coach, que orienta, acompanha, facilita a construção de um plano de ação, dá feedback, e colabora no desenvolvimento do cliente.

Outra diferença é em relação ao tempo: o Coaching, normalmente, deve durar em torno de 10 a 12 sessões (encontros presenciais ou online), o que equivale a cerca de 3 meses de processo, com começo, meio e fim bem determinados.

 

CONSULTORIA: o consultor, profissional responsável pelo processo, deve ser um especialista numa metodologia de análise e solução de problemas numa determinada área técnica (ex.: administração, marketing, finanças etc.). É contratado para analisar o problema e propor uma solução. 

O foco principal do trabalho do consultor é apresentar uma solução ao problema do cliente, sugerindo o que fazer para solucionar. Ele, por sua vez, vai estudar, analisar e, com base no seu conhecimento e na experiência com o tema, vai entregar a solução que ele considera mais adequada. Pode ser que a solução apresentada sugira a realização de um treinamento, a compra de equipamentos ou qualquer outra coisa, mas sempre de acordo com a experiência exclusiva do consultor.

Sobre o tempo do processo, não existe um “prazo padrão”, pois depende do problema a ser solucionado e do escopo do projeto. Varia entre meses e anos de trabalho, de acordo com o que for estabelecido entre consultor e cliente.

Quer saber mais sobre nossos Programas de Mentoria? Entre em contato conosco!

Teremos o maior prazer em atendê-lo.

Comentários

Para poder comentar, por favor faça seu login clicando no botão abaixo.

Login